Mundos Opostos: um filme onde o amor luta contra a gravidade

Já imaginou um romance interrompido pela gravidade?

Já imaginou um romance interrompido pela gravidade? No filme Mundos Opostos, lançado em 2012, pelo diretor renomado Juan Solanas, é possível. Ele conta a história de  Adam (Jim Sturgess) e Eden (Kirsten Dunst), que se apaixonaram quando ainda eram adolescentes, mas devido a gravidade de cada mundo, são proibidos de viverem esse amor.

Calma, você não vai ficar perdido sobre esses assuntos gravitacionais, pois o filme já começa explicando sobre isso. As pessoas que vivem no mundo superior enxergam as pessoas de cabeça para baixo, isso para quem estar vendo do mundo inferior. Além disso, você não pode simplesmente passar para outro mundo quando bem entender, existem regras, pois a gravidade do seu planeta de origem sempre puxará de volta.

O universo superior é muito bem desenvolvido, bonito, elegante, sofisticado, tecnológico, rico. Além disso, eles extraem petróleo barato de baixo do mundo inferior e vende eletricidade a um preço exorbitante as pessoas desse mundo, e o torna mais pobre, subdesenvolvido, explorado, e sem muita perspectiva de vida.

As consequências para aquelas pessoas que quebram as regras de encontrarem alguém do mundo oposto, são severas e pode levar até a morte. Porém, o único contato legal, em que a lei ampara é na Empresa “TransWorld“, um arranha céu que une os dois mundos.

Mesmo com essas consequências, Adam e Eden mantêm contatos todos os dias, porém são afastados de forma violenta, quando um patrulheiro interplanetário os flagra, provocando um acidente aparentemente fatal para Eden. E por causa disso, ela perde a memória.

Enquanto isso, dez anos se passaram e Adam é um adulto que trabalha em uma oficina de mecânica, tentando subir na vida. E de repente encontra sua amada Eden, pela televisão em um programa, e percebe que ainda é completamente apaixonado por ela, mas ela não lembra de nada que viveram juntos.

Eden trabalha no edifício da TransWorld, o prédio que conecta os dois mundos. Ele após descobrir que ela está viva, fará de tudo para tê-la de volta. Nem a gravidade, o mundo superior, e muito menos a ciência irá deter esse amor avassalador, apesar de enfrentar gigantes desafios.

E como será quando ela ver ele, Adam não sabe que ela perdeu a memória.

Curtiu a indicação do filme? Se for assistir, poste uma foto e marque o nosso instagram @agazeta.netac

Gisele Almeida é estudante de jornalismo e estagiária no site Agazeta.net

Deixe uma resposta