26-02-21 os-estagiários-capa

“Us” o filme de terror que você não vai conseguir parar de pensar

Durante toda a trama é possível ter a sensação de que algo vai acontecer, o medo constante e o estado de alerta se mantém ao máximo ao longo de toda a história

Quando eu assisto algum filme classificado como suspense ou terror a primeira coisa que eu faço é tentar esquecer absolutamente tudo sobre a história. Não foi o que aconteceu com “Us” o filme dirigido por Jordan Peele.

“Us” conta a história de uma família que decide passar um final de semana aproveitando uma casa de praia e é estrelado pela maravilhosa Lupita Nyong’o, ela interpreta duas personagens, Adelaide e Red que são ao mesmo tempo parecidas e completamente diferentes.

Durante toda a trama é possível ter a sensação de que algo vai acontecer, o medo constante e o estado de alerta se mantém ao máximo ao longo de toda a história. Jordan Peele consegue manter quem assiste completamente entretido durante o filme e até mesmo depois pensando nas reviravoltas da história. Reviravoltas no nível Jordan Peele, que também dirigiu o filme “Corra” vencedor do Oscar de melhor roteiro original em 2018.

 família de Adelaide está se divertindo na casa de praia quando são surpreendidos por seus duplos, pessoas de aparência idêntica ou extremamente semelhantes com eles que estão usando macacões vermelhos e segurando tesouras douradas.

Adelaide tem algumas lembranças do passado, onde ela já havia encontrado com sua dupla e também guarda um segredo. Lupita Nyong’o dá um belíssimo show de atuação interpretando ambas as personagens, o medo constante nos olhos de Adelaide de ter toda a sua família assassinada nos preenche durante o filme e nos faz gostar e sentir empatia por ela. Até descobrirmos o seu segredo e entender que o medo constante não era apenas de perder a família.

O filme possui uma excelente trilha sonora que deixa a ambientalização das cenas ainda mais macabras e marcantes. Tudo é extremamente calculado por Peele você assiste sabendo que aquilo está ali por uma razão, seja a placa escrito “Jeremias 11:11” ou os coelhos dentro do esgoto.

Peele desafia quem o assiste a tentar compreender sua obra, deixa o final em aberto e brinca com nossa curiosidade a respeito do que ele pretendia com o filme, qual mensagem ele queria passar. E quando você pensa que compreendeu algo e resolve assistir mais uma vez – e sim, é bem provável que você assista “Us” mais de uma vez – você irá perceber que não entendeu nada e vai ficar mais uma semana pensando na história.

Há diversas teorias a respeito da trama, desde críticas aos Estados Unidos e a sua “amnésia” com seu passado colonialista, críticas voltadas ao racismo e também a forma como o privilégio e dinâmicas sociais funcionam no país. As duplas dos personagens principais vivem em esgotos, têm as mesmas experiências que os que estão na superfície, mas sem a liberdade de escolha, eles estão presos aos da superfície, sem sentir prazer, sem se divertir, apenas sendo forçados a repetir o que sua dupla faz.

“Us” estreou no Brasil no dia 21 de março de 2019 e atualmente está disponível na plataforma de streaming Prime Video.

Luana Dourado é estudante de jornalismo e estagiária no site Agazeta.net

Deixe uma resposta