Juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Anastácio Lima de Menezes Filho, determinou, em decisão proferida na tarde desta terça-feira (4) que o vereador Emerson Jarude integre a CPI do Transporte Coletivo.

Mulher…

A primeira dama, Marlúcia Cândida, se juntou à vice-governadora, Nazareth Lambert. Juntas, elaboram uma lista de mulheres que deverão disputar vagas na Assembleia Legislativa pelo PT.

… Unida

Encabeçam a lista delas, a secretária de Gestão Administrativa, Sawana Carvalho e a secretária de Estado de Comunicação Social, Andréa Zílio.

Incorporada

Andréa Zilio já começou a pedir votos. Segundo amigos próximos, até o discurso da moça mudou!

Vice

Bombinha que caiu no colo do PT foi a votação do projeto de terceirização ter contado com o voto do deputado César Messias (PSB). O PT já tinha decidido que César seria o vice de Marcus Alexandre (PT). Agora terá que rever a indicação.

Vice II

O PT que achava que Messias puxaria os votos do Juruá para Marcus Alexandre, por ser da região, bem conhecido e primo de Gladson Cameli (PP), está tendo que rever a indicação. Até o PT de Cruzeiro está exigindo a troca do deputado que tem a cara estampada em diversos out doors como traidor dos trabalhadores.

Cadê?

O jovem Fabrício desapareceu há cerca de 6 anos. Ninguém nunca conseguiu explicar. Quase ninguém mais fala.

CPI

A Mesa Diretora ainda não foi notificada da decisão do pleno do TJ. Assim que for, vai ter que instalar a CPI da Sehab.

Decidido

Deputado Raimundinho da Saúde puxou para si a responsabilidade com a CPI e já colocou seu nome à disposição para integrar a CPI da Sehab.

… Indecisa

Em compensação, Eliane Sinhasique tenta empurrar o deputado Chagas Romão como o indicado do PMDB para participar da CPI.

Prazo

E o autor do requerimento para criação da CPI quer tudo definido até quinta-feira. Tá com pressa hein, Ghelen Diniz?!!

Por falar em CPI…

Na Câmara de Vereadores de Rio Branco, a denúncia de que 32 ônibus transitam irregulares, com placas frias etc. etc. não chega a ser nova. Mas, é só mais um indicativo de que o cenário no transporte coletivo na Capital não anda bem há muito tempo. No Judiciário, não há uma instituição que se levante contra isso. A CPI do Transporte Coletivo, apesar dos esforços do vereador Roberto Duarte, não vai dar em nada. Já morreu.

Aliás…

Politicamente, Duarte já fez o barulho calculado para capitalizar politicamente com o episódio. A indignação em relação ao aumento existe. Ninguém paga passagem cara e usufrui de serviço ruim com prazer. O gargalo é que o cidadão já está tão calejado com tanto escândalo que parece estar anestesiado.

Cumpra-se

Juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Anastácio Lima de Menezes Filho, determinou, em decisão proferida na tarde desta terça-feira (4) que o vereador Emerson Jarude integre a CPI do Transporte Coletivo. Em poucas palavras, traduzindo para o português, ele exige que o presidente da Mesa Diretora, cumpra o que determina o regimento interno da Câmara de Vereadores.

Cumpra-se II

As estripulias politicas do presidente da Câmara não podem atropelar o regimento. Jarude tinha direito a um assento na CPI que, já nasceu morta, é verdade. Mas, ao menos, agora, pode ficar mais barulhenta.

Aprenda, presidente!

O juiz ensina o presidente da Mesa Diretora: “Como a CPI possui sete integrantes, teriam vaga garantida o PT, o PSL e o PSDB. O indicado para a CPI foi o vereador Jackson Ramos. O indicado do PSDB foi o vereador Célio Gadelha. Entretanto, o mesmo não ocorreu com o PSL que teve a sua vaga cativa desrespeitada”.

E tem mais

Trocando em miúdos, tem mais: não mexa com o relator e nem com o integrante do PSDB na CPI. Tudo em nome do regimento que deveria ser uma bíblia a quem dirige a Mesa.

Sugestões, críticas e informações quentinhasdaredacao@gmail.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*