O caso de agressão policial no Residencial Angico foi um caso isolado? Os números dizem que sim. Mas, em que isso justifica a atitude dos agentes policiais?

Deu pra trás

Empresário interessado em iniciar carreira política desistiu ao saber que o valor do salário de Deputado Estadual (equivale ao de Secretário de Estado) não ultrapassa R$ 16 mil. “Pensava que eles ganhavam rios de dinheiro”, disse.

Aproveitamento

O que aparece como rendimento sem ser é verba de estrutura de gabinete (pouco mais de R$ 20 mil), para o funcionamento do mandato. Essa verba que é para pagamento de funcionários, toma destino ignorado quando cai em mãos daquela meia dúzia que na atual legislatura não contratou ninguém e anda até com a chave dos gabinetes no bolso.

Oposto

Em ângulo exatamente oposto ao dos aproveitadores, o deputado Jonas Lima (PT) mantém 32 funcionários em seu gabinete.

Unidos

A doença do pai parece ter unido os irmãos Viana, que estão mais juntos do que jamais estiveram. A dupla já está até fazendo planos: Jorge Viana volta para o Senado onde passa os próximos quatro anos, enquanto Tião aproveita para aprender inglês e italiano. Ao fim desses 4 anos, Jorge volta a disputar o governo do estado e Tião volta para o Senado.

Russos

Mas, é preciso combinar com os russos…

Bucha

Essa articulação deixa claro que o candidato do PT que disputará o Governo do Estado com Gladson Cameli (PP) servirá apenas de “bucha”. Vai entrar sabendo que não vai ganhar. Para os planos reais, é importante que Gladson assuma o governo.

Bucha II

O PT aposta no desastre de uma administração Gladson Cameli e no retorno triunfal do Partido dos Trabalhadores, numa era pós Cameli.

Fraco

O plano, aparentemente perfeito, esbarra em uma necessidade inalcançável: uma forte bancada de oposição ao governo Cameli. Ora, nenhum dos parlamentares petistas tem esse perfil combativo e antenado.

Areia…

E apostar no restante da atual base de sustentação do governo que, nas contas dos cardeais petistas, integrariam a bancada de oposição a Cameli, é tentar derrubar anjos com arco e flecha.

… movediça

A atual base de sustentação do governo Tião Viana vai continuar a ser base de sustentação… só que, de Gladson Cameli. O PT já está bem grandinho para saber que, quando o sapato aperta, só o PCdoB fica do lado deles.

Salto alto

Pior é que sandália da humildade não cabe em pé petista. Mesmo com todos os escândalos envolvendo o partido em âmbito nacional e as dificuldades locais, os caciques do partido acham que vão eleger oito deputados estaduais.

Polícia

O caso de agressão policial no Residencial Angico foi um caso isolado? Os números dizem que sim. Em 2016, das 500.558 abordagens 318 geraram reclamações na Corregedoria da Polícia Militar do Acre. Mas, em que isso justifica a atitude dos agentes policiais?

Tortura

O que se viu nas imagens flagradas foi um caso de tortura. A velha e conhecida de tantas periferias Brasil afora. Os moradores do Residencial Angico relatam que esse problema é recorrente na região.

Reação

Diante das imagens, o Governo do Acre só teve uma saída: admitir a falha, assumir os procedimentos legais e fazer o que diz a lei. E que seja assim. Com a palavra, o Ministério Público.

Sugestões, críticas e informações quentinhasdaredacao@gmail.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*