O líder do governo na Assembleia Legislativa do Estado e futuro presidente estadual do PT está perdendo a fleuma, as estribeiras e até a educação.

Jonas…

O deputado Jonas Lima (PT) cansou dos atrasos que ferem o regimento. Apesar do horário regimental para o início das sessões ser 10 horas, com uma tolerância de 15 minutos, as sessões só estão começando às 10:30.

… o rebelde

Nesta terça feira, o petista rebelou-se ao ser “catado” para dar quórum e quis saber se o presidente iria abrir os trabalhos: “se ele não vier, não vou”, reagiu.

Provando…

O ex-deputado Marcio Bittar foi obrigado a provar do próprio veneno. Lançou Gladson Cameli (PP) candidato ao governo do estado em 2018, crente que assim se cacifaria como o predileto para o Senado. Mas, Gladson preferiu Sérgio Petecão (PSD).

… do próprio…

Ao perceber que perdeu o tapete, Bittar tentou outra manobra: tirar Wherles Rocha (PSDB) do páreo, lançando a candidatura de Rocha ao Governo do Estado. Não obteve êxito na reunião entre os caciques tucanos, ontem (24).

…veneno

Bittar foi apadrinhado por Petecão na última campanha e deu o troco roubando o Partido Solidariedade para a mulher dele, Márcia. Achou que apresentando três partidos (PSDB, PPS e Solidariedade), se cacifaria junto a Gladson. Caiu do cavalo.

Se perdeu…

O líder do governo na Assembleia Legislativa do Estado e futuro presidente estadual do PT está perdendo a fleuma, as estribeiras e até a educação. Na sessão desta terça feira, deputados e funcionários da casa afirmam que o parlamentar dirigiu comentários impublicáveis ao colega Luiz Gonzaga (PSDB).

… no labirinto…

Entende-se que o deputado está sob pressão, mas, a tática de desqualificar o denunciante quando faltam argumentos é ultrapassada e pega mal. Pior ainda: fazer pouco do colega que está na tribuna e usar provocações de baixo calão.

… e não se achou

Aliás, essa resistência às investigações está pegando mal junto à população que parte do princípio que quem não deve, não teme. O problema é que o Governo do Estado usa o deputado Daniel Zen como âncora: joga o companheiro para o fundo.

Representação

43% dos deputados federais são empresários. Trabalhador elege empresário para lhe representar politicamente e depois reclama que está ficando órfão de direitos. Queria o que, cara pálida?

Desorientado

O PT crítica as privatizações quando são promovidas por outro partido. No Acre, enquanto criticam o neoliberalismo colocado em marcha por Michel Temer (PMDB), fazem a versão local avançar. A privatização do Depasa e a cobrança de taxa de quem possui poço no quintal só tem equivalente na privatização da água na Bolívia. Mas lá, o povo foi para as ruas de Cochabamba e reverteu a situação.

Herança

Cabos eleitorais insatisfeitos são perigosos, sobretudo para quem ainda trabalha com velhas práticas políticas. O vereador Raílson Correia (PTN) que o diga. Não cumpriu o que prometeu a uma colaboradora e ela, agora, o acusa de trocar votos por consultas e exames.

Falta muito

Trocar votos por exames e consultas médicas… Isso arrebenta com qualquer retórica do “Acre Potência Econômica” forjado pelo Governo.

Saúde e Política

Aliás, a FPA até outro dia se orgulhava de ter afastado médicos e pessoas vinculadas à Saúde dos parlamentos: era uma espécie de comprovação de que “o sistema estava funcionando”. Eis que voltaram “de com força”.

Sugestões, críticas e informações quentinhasdaredacao@gmail.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*