Os adversários de Ney Amorim, na corrida para o Senado, dizem que em todas as pesquisas realizadas até agora, Ney perde até para Raimundo Angelim.

Unânime

Avaliação que o senador Gladson Cameli (PP) errou feio ao chamar para si a responsabilidade pela recuperação da BR-364 é unânime no meio político. Apesar disso, Gladson não admite críticas. Acha que é ciumeira.

Equívoco

Puxar para si a responsabilidade da recuperação da BR-364 pode ser um tiro no pé e um grande empecilho aos planos de Gladson Cameli chegar ao Governo do Acre. O Governo Federal que ele apoia mandou a metade da verba necessária para a obra e só restam três meses de tempo seco. Portanto, o risco de a estrada fechar é grande. A quem vão culpar?

Dor de ouvido

O senador Sérgio Petecão (PSD), dramático como ele só, disse que é de cortar o coração ouvir petista afirmar que Gladson não vai conseguir arrumar a BR, porque, de acordo com Petecão, se a obra tivesse sido bem feita, não haveria necessidade de refazê-la agora e o PT passou 20 anos no poder prometendo a estrada.

Alerta

A coluna já avisou: campanha sem sair do gabinete não decola. O recado é endereçado ao deputado Ney Amorim (PT), que acha que ter montado uma base de 130 vereadores e ter obtido alguns apoios importantes dentro do partido garantem a vitória. Vai nessa!

Adverso

Os adversários de Ney Amorim, na corrida para o Senado, dizem que em todas as pesquisas realizadas até agora, Ney perde até para Raimundo Angelim, que nem candidato ao Senado é.

Líder

Em todas as pesquisas realizadas até agora, o senador Jorge Viana lidera disparado nas intenções devoto. O problema é que ele lidera também em rejeição, com 35%.

Puxa e encolhe

Ou o PSDB é um partido bipolar, ou indecisão é o sobrenome. Num dia anunciam que o partido está desembarcando do governo Temer. No dia seguinte, recuam, para, no seguinte, voltar à primeira opção. De tanto sair e voltar ninguém mais dá crédito. A segunda feira amanheceu com Alckmin anunciando o desembarque e FHC falando na possibilidade de eleição antecipada.

Decidido

Senador Sérgio Petecão (PSD) já definiu seu voto em favor da Reforma Trabalhista. Independente da reação das ruas. Registrado.

Decidido II

Petecão argumenta que é necessário absorver os mais de 14 milhões de brasileiros que estão fora do mercado de trabalho e que isso só é possível se aprovarem a reforma. Tolinho! Antigamente abriam as portas da senzala e todo mundo tinha trabalho.

Prestígio

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson (Leia-se escândalo do mensalão), virá ao Acre para empossar a nova diretoria executiva do partido no estado. Charlene Lima será empossada na presidência estadual do partido pelo Mr. Mensalão.

Mulherada em guerra

Em Plácido de Castro, o tempo esquentou entre a advogada Joana D’arc e a vereadora Meire Ramos, irmã da ex-deputada Antônia Lúcia. O barraco que se desenrola pelas redes sociais começou porque a vereadora soube que a advogada havia pedido informações sobre o marido dela. Os dois lados estão se armando e prometendo novidades interessantes que envolvem inclusive a morte de um político no Acre. Político da esfera municipal.

Cartas marcadas

Fonte que participou diretamente das investigações da Operação Cartas Marcadas informa que “se não fosse a colaboração de pessoas ligadas ao setor” o Gaecco não teria conseguido provas tão robustas.

Cartas marcadas II

Isso demonstra o verdadeiro “cangaço” que é o setor de compras vinculadas ao Governo do Acre ou à Prefeitura de Rio Branco. Em um setor pequeno como é o das gráficas, está dito que ninguém é de ninguém.

Conversas

E quando o Gaecco do Acre conversar com o Gaecco do Amazonas…

Sugestões, críticas e informações quentinhasdaredacao@gmail.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*