Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020
Você está aqui: Home Cotidiano Organização da Parada do Orgulho LGBT divulga regras para o evento

Organização da Parada do Orgulho LGBT divulga regras para o evento

Intenção é manter a segurança dos participantes

A 14ª Parada do Orgulho LGBT do Acre será realizada no próximo domingo (19), com concentração na Avenida Getúlio Vargas e encerramento no Calçadão do Mercado Novo. Neste ano, a Parada traz como tema "Direitos Humanos para Todas as Pessoas!". 

O evento encerra a Semana Acreana da Diversidade, realizada do dia 10 a 15 deste mês, com palestras rodas de conversas e shows. "Ela serve como expressão e conscientização do movimento LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), “para sensibilizar as pessoas sobre o direito de vivermos em fraternidade, alegria, amor e respeito às diferenças, buscando por cidades e um Estado diverso, sem nenhum privilégio, mas com direitos e oportunidades iguais”, informou a organização.

Para que o movimento aconteça de forma segura, a organização divulgou um banner com o que pode e o que não pode ser feito durante a Parada. “A Parada do Orgulho LGBT é uma manifestação colorida, tem música, mas a gente deve manter a legalidade, a normalidade, por conta que participam pessoas, famílias e nós estamos em via pública”, disse Germano Marino.

Germano ressalta, que caso algum participante cometa alguma ilegalidade, serão aplicadas penalidades conforme a lei. “É necessário que as pessoas entendam que uma garrafa de vidro pode se tornar uma arma, isso pode se transformar num objeto que vai machucar as pessoas ou que vai agredir as pessoas. Então, é necessário que as pessoas entendam que a gente vai ter policiamento e qualquer ato que venha prejudicar o evento, a pessoa vai ser convidada a se retirar ou a polícia vai recolher.”

Saiba o que é NÃO É LEGAL

- Atentado ao pudor (andar nu ou seminu): a manifestação é colorida e o adereço mais confortável é uma fantasia babadeira, afinal, criatividade é a moda do momento;

-Atos obscenos prejudicam, principalmente, a participação das crianças. Sexo é melhor no reservado - e com segurança;

-Brigas ou agressões estão fora de moda. O evento é festivo, cultural. Conte até 10 e faça de sua participação uma luta pela paz;

-Levar bebida alcoólica em garrafas de vidro: garrafas de cerveja e destilados podem servir de arma. Se cair e quebrar, machucarão outros participantes;

-Drogas ilícitas não são legais para ninguém, não fazem bem à saúde e são alvos de lei de proibição, sendo que o cidadão poderá responder criminalmente por exageros ou comercialização;

- Bebida e Direção: Existem outros meios de transporte para ir e voltar do evento. Se beber, não dirija. Sua vida é mais importante!

O que É LEGAL na Parada?

-Toda manifestação de paz;

-Toda e qualquer manifestação de carinho;

-O seu cartaz, sua faixa, seu abadá, sua fantasia, sua forma de reivindicar seus direitos;

-A participação de seus familiares, pois ajuda na manifestação da luta no enfrentamento à discriminação;

-O respeito aos outros participantes;

A sua participação, que vem ajudar com que possamos cobrar e reivindicar políticas afirmativas no enfrentamento à discriminação e LGBTfobia.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado