Centros socioeducativos recebem detectores de metais

Dez equipamentos já foram instalados 

Detectores de metais começaram a ser instalados durante esta semana nos centros socioeducativos do Acre. Rio Branco e Cruzeiro do Sul já estão com os detectores, e as unidades de Brasileia, Sena Madureira e Feijó também devem receber o equipamento.

As revistas pessoais nessas unidades eram realizadas sem a presença do aparelho, mas após a publicação de uma normativa, no Diário Oficial do Acre (DOE), a instrução é regulamentar o procedimento.

O presidente do Instituto Socioeducativo (ISE), Rogério Silva, ressalta a importância dos detectores nas unidades. “É um equipamento, de certo modo, simples, mas de uma eficiência muito boa. Com esse equipamento, a gente consegue observar objetos metálicos, também objetos perfuro cortantes”.

Por enquanto, dez detectores foram instalados, e outros dez devem ser entregues. Os equipamentos são resultado de uma parceria com o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen).