Terça-Feira, 11 de Agosto de 2020
Você está aqui: Home Cotidiano Transporte coletivo reduzido causa transtornos a usuários

Transporte coletivo reduzido causa transtornos a usuários

Usuários do transporte coletivo reclamam da demora.

Desde que o isolamento social começou em março deste ano, na capital, a frota de ônibus foi reduzida, seguindo o decreto n° 5.465. No entanto, tal medida não agradou a população que necessita dos serviços para se locomover.

A recepcionista Isadora Maria, que depende do coletivo para chegar a clinica onde trabalha, disse que já esperou até duas horas por um ônibus na Avenida Antônio da Rocha Viana, “quando precisamos sair de casa, acabamos nos expondo ao vírus, e com a demora do ônibus esse período de exposição é maior, e piora porque os ônibus vêm cheios, as pessoas ficam em pé, não há distanciamento, mesmo com a máscara eu fico preocupada, mas a gente precisa trabalhar”.

É comum ver paradas cheias de pessoas, mesmo no período de isolamento social. “Eu já cansei de esperar e fui andando, senão, iria chegar atrasado mais uma vez no trabalho por conta da demora do ônibus,” relatou o auxiliar de serviços gerais, Júlio Alves.

A Rbtrans informou que o aumento de frota circulando depende da cor da faixa seguindo a resolução do programa Convívio sem Covid. No momento o estado está na faixa vermelha, que é de emergência. As outras faixas são laranja que é de alerta, amarelo, atenção e verde cuidado.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado