Acre tem a segunda botija de gás mais cara do país, segundo ANP

Em agosto acreanos pagaram em média R$86 pelo produto 

Agência Nacional de Petróleo (ANP) divulgou o preço médio da botija de gás de 13 kg nos estados brasileiros no mês de agosto, e o Acre apareceu com o segundo preço mais alto, custando R$ 86. Com a botija mais cara do país estava o Mato Grosso, no valor de R$ 92.

Entretanto, no início de setembro a Petrobras informou o sexto reajuste de preços do produto nas refinarias, e com isso, a botija de 13 kg passou a ser encontrada por R$ 95, em média, na capital acreana.

Em abril deste ano o Ministério de Minas e Energia havia informado que o consumo de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) – gás de cozinha - aumentou 23% em todo país por causa da pandemia do coronavírus.

O novo preço da botija de gás deve pesar no bolso dos acreanos, que sempre pagaram caro pelo produto, principalmente em pontos mais remotos do estado.