Bicarbonato de sódio não deve ser usado como prevenção à covid-19

Manipulação e uso da substância não deve ser reproduzida em casa

A Universidade Federal do Acre (Ufac) divulgou um projeto com o uso do bicarbonato de sódio como auxiliar no combate à covid-19. No entanto, é preciso ressaltar que o uso da substância não deve ser reproduzido em casa. A manipulação e o uso devem ocorrer apenas com o acompanhamento de um profissional.

“O bicarbonato deve ser utilizado com critério, a dosagem tem que ser bem estabelecida e o paciente tem que ser acompanhado. Ele não é um milagre, é mais uma somativa para o combate a covid. É necessário ter o acompanhamento de um profissional que saiba manusear. Não queremos incitar a população a utilizar de uma maneira desregrada, o que a gente pode dizer é que ele tem sido utilizado com critério, juntamente com outras medidas dentro dos hospitais e temos tido boas melhoras”, informou Carolina Pontes, coordenadora do projeto.

A solução utilizada no projeto é resultado de um estudo científico e ainda está em processo de análise e testes em pacientes que estão internados na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Pronto Socorro de Rio Branco, e não deve ser reproduzida em casa.