Sexta-Feira, 07 de Maio de 2021
Você está aqui: Home Cotidiano Quatro policiais são condenados e perdem cargo por homicídio

Quatro policiais são condenados e perdem cargo por homicídio

Crime ocorreu no município de Capixaba no ano de 2014

Quatro policiais militares foram condenados a 14 anos de prisão cada pelo homicídio de Magdiel Wellington Chaves, de 24 anos, morto em 21 de abril de 2014 no município de Capixaba, interior do Acre.

A condenação em pena superior a quatro anos de reclusão tem como efeito, ainda que não automático, a perda do cargo público no qual os réus estão investidos.

Com isso, no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (22), os militares: José Lopes Pereira; Jocélio de Souza Brito; Roberto Abreu Pinho; e José Andrias de Araújo Pereira foram excluídos do quadro da Polícia Militar do Acre.

Os quatro policiais foram condenados em júri popular em maio de 2018, na Vara de Capixaba, acusados de matar o técnico em radiologia Magdiel, após uma perseguição.

A vítima trabalhava como técnico de radiologia no município de Nova Mamoré, em Rondônia, já a esposa, Geruza Sarkis, trabalha como enfermeira em Capixaba. O casal estava junto há um ano, na época. O corpo de Magdiel foi levado para ser sepultado na cidade de Ouro Preto, em Rondônia, onde moram seus familiares.

Segundo a Polícia Militar, José Lopes, Jocélio Brito, José Andrias e Roberto Araújo estão presos no Batalhão Ambiental, em Rio Branco, há três meses. Geruza ganhou ainda na justiça acreana uma indenização de pouco mais de R$ 300 mil pela morte do marido, que deve ser pago pelos réus.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre



Fique Conectado