TSE decide que horário de votação no Acre será das 6h às 15h em 2022

A mudança poderá trazer transtornos aos eleitores, mesários e fiscais de partidos, principalmente das regiões rurais

Luanna Lins para Agazeta.net

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, na terça-feira, 14, que o horário de início e término da votação nas eleições de 2022 será uniformizado em todo o país. Com isso, o Acre não terá mais diferença em relação aos demais estados e todos deverão seguir o horário oficial de Brasília (das 8h às 17h), independente dos fusos horários. A votação no Acre passará a ocorrer das 6h às 15h.

A bancada federal do Acre se reuniu em audiência, ainda na terça-feira, com o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin, para tratar sobre esta questão. A alteração foi aprovada durante a votação de resoluções que definem as regras das eleições de 2022. O Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) encaminhou uma proposta para a votação começar às 7h e seguir até às 16h, que ainda não foi aprovada.

Dessa forma, a votação será das 6h às 15h no Acre e das 7h às 16h no Amazonas, em Rondônia, em Roraima, no Mato Grosso e no Mato Grosso do Sul, onde o fuso é uma hora a menos em relação à capital federal. Em Fernando de Noronha, que está uma hora à frente, a votação será das 9h às 18h.

O presidente do TRE-AC, desembargador Francisco Djalma, afirmou que a mudança acarretará transtornos para eleitores, mesários e fiscais de partidos, principalmente das regiões rurais, que serão as mais afetadas devido à dificuldade de locomoção. Segundo ele, se não houver uma adaptação, os parlamentares do Acre deverão juntar forças em Brasília para que o TSE modifique a decisão.

“Encaminhamos as informações ao TSE mostrando as dificuldades e as particularidades que os eleitores da região amazônica possuem. Como o maior volume de votação ocorre após as 14h, estamos preocupados com o índice de abstenção, que certamente subirá com esse novo horário”, disse o desembargador.

Deixe uma resposta