Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020
16 Janeiro 2020 Written by 

Uma agenda negativa (e que está passando despercebida) está na Educação. O ano letivo, de fato, pode não se iniciar dia 10 de fevereiro como está previsto no calendário escolar.

WENCESLAU

O jornalista Rogério Wenceslau é um dos nomes confirmados pela direção do PSL para as prévias que definem o candidato a disputar a Prefeitura de Rio Branco pela sigla. Wenceslau, portanto, não sairá em voo solo na empreitada. Ele enfrenta pelo menos outros dois nomes. “Vamos usar o modelo americano, ou seja, definir o candidato através de prévias. Não será 100% igual ao modelo americano, mas bem semelhante”, explicou o presidente do diretório estadual do PSL, Pedro Valério.

CÁLCULO

Qual cálculo o PSL está fazendo em lançar nome sem densidade eleitoral ainda não se percebe direito. Resta saber quem são os outros dois pré-candidatos.

“INTERVENÇÃO”?

Ontem, foi noticiado que haveria uma “intervenção” do Ministério da Saúde na Fundação Hospitalar do Acre com o argumento de que a meta a ser alcançada era diminuir lotação na emergência. Como assim? Emergência!!!!!? Na Fundação? Mas lá não há atendimento emergencial. Outra coisa: não se trata de nenhuma “intervenção”. O trabalho feito entre Estados e hospitais de renome como Sírio Libanês e Albert Einstein tem reconhecida excelência. São cursos, criação de métodos, formatação de novos modelos de gestão, orientações que têm como meta melhorar/mudar a qualidade do atendimento hospitalar.

ALMOÇO GRÁTIS?

Esse curso foi uma demanda que partiu, inclusive, dos próprios funcionários. Digamos que faz bem para o currículo ter um certificado com o carimbo de um “hospital de grife”. Como não existe “almoço grátis”, esse trabalho tem como consequência isenção fiscal do Governo Federal para esses hospitais.

CIRANDA

A ciranda é mais ou menos assim: esses hospitais utilizam o capital humano que têm para orientar gestores nos estados; fortalecem a “marca” em várias regiões do país e, no fim do ano, o Governo Federal garante isenção de uma série de impostos. Nada mais justo: trabalho feito, trabalho remunerado.

SOCORRO NERI

A partir de agora, a prefeita Socorro Neri parte para uma empreitada de corpo a corpo na divulgação de seu mandato e de definições em âmbito político. Deve estar mais presente em redes sociais e em entrevistas na imprensa local.

SOCORRO NERI II

Nos bastidores, potenciais aliados como o senador Sérgio Petecão, que já estavam incomodados com a lentidão da prefeita em se definir politicamente, terão os desejos saciados.

GREVE

Uma agenda negativa (e que está passando despercebida) está na Educação. O ano letivo, de fato, pode não se iniciar dia 10 de fevereiro como está previsto no calendário escolar. A articulação do Sinteac junto aos professores e funcionários das escolas estaduais registrou insatisfação das categorias com a falta de compromisso da SEE, do Gabinete Civil e, consequentemente, do próprio governador Gladson Cameli em não avançar com a agenda apresentada pelos trabalhadores desde o ano passado. Com destaque para a reposição salarial com as perdas inflacionárias calculadas em 14,99%; incorporação do Prêmio de Valorização Profissional; reajustes dos funcionários (há servidores recebendo menos que um salário mínimo). Há outros pontos na agenda. Mas o fato é que o Gabinete Civil não avança, não define. E isso tem alimentado insatisfação generalizada.



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado