Segunda-Feira, 01 de Março de 2021
Você está aqui: Home Entretenimento Quentinhas da Redação Com que roupa o PT se apresentará em 2022? Entre apostar em novas lideranças ou oferecer ao eleitor um nome com fôlego e capital político, o partido parece não ter dúvida

quentinhas-da-redacao

19 January 2021 Written by 

Com que roupa o PT se apresentará em 2022? Entre apostar em novas lideranças ou oferecer ao eleitor um nome com fôlego e capital político, o partido parece não ter dúvida

ESQUEÇAM

Dois elementos que os rivais do PT podem retirar da agenda para 2022: a saída de Jorge Viana da legenda e a ideia de que “o partido acabou”. Ditas assim de supetão, parecem duas premissas absurdas. No entanto, elas são mais comuns do que se imagina. Mas estão equivocadas.

“CHANCE ZERO”

E quem garante tem autoridade para tal: Francisco Nepomuceno, o “Carioca”. O implacável articulador do Palácio Rio Branco na lida com partidos e sindicatos na era petista voltou a ser um pacato professor universitário na cátedra de História do Brasil. No entanto, a militância não saiu da rotina. Mantém articulações com mira em 2022. A última foi com o ex-governador. “A chance de Jorge Viana sair candidato por outro partido é zero”, sentenciou.

RUMINANDO

A conversa aconteceu na casa de Viana na semana passada. Foi um de outros encontros. Os erros da campanha de 2018 já foram ruminados. Resta saber se a forma como o PT se apresentará tem alguma mudança efetiva.

“COM QUE ROUPA?”

Para lembrar o bom samba de Noel Rosa, com que roupa o PT se apresentará em 2022? Pelo movimento que Nepomuceno sugere, a calça jeans surrada deve levar boa mão de tintol. Entre apostar em novas lideranças ou oferecer ao eleitor um nome com fôlego e capital político, o partido parece não ter dúvidas.

É ELE

O PT vai de Jorge Viana, a única liderança petista que se dispõe a disputar cargo majoritário. Tião Viana e Binho seguem em projetos profissionais alheios à dianteira da política partidária. Angelim curte aposentadoria.

ZPE

Semana estratégica para o Governo do Acre e o movimento de “venda” da Zona de Processamento de Exportação. Ficou mal explicado. Conselho Nacional das Zonas de Processamento de Exportação e o governo local podem ser mais transparentes sobre a “compra”. O que é mesmo que vai ser vendido? Nesse caso, a área, o terreno é troco. Toda ZPE precisa de uma administradora. Uma empresa que não precisa ser necessariamente pública. O leilão será para seleção dessa empresa?

INTERESSADA

A Polícia Militar deveria ser a primeira interessada em esclarecer os detalhes da morte do integrante de facção Severino Ripardo de Lima, 37, morto durante uma abordagem policial há 12 dias. A família alega que Severino foi executado após ter sido torturado dentro de casa, no bairro Bahia Nova, região da Baixada da Sobral. Será que a PM está mesmo interessada em ser transparente nesses casos? É uma pergunta.

PERGUNTA

Por falar em pergunta: os R$ 65 milhões para a duplicação da estrada entre Cruzeiro do Sul e o aeroporto e a pavimentação da Estrada de Porto Acre ainda virão para os cofres da Sefaz.

Sugestões, críticas, informações O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre



Fique Conectado