fotos los porongas 2

131 anos de Rio Branco: muita música, esporte e cultura

Banda Los Porongas encerrou o festival

A Prefeitura de Rio Branco promoveu nesta sexta-feira, 27, a programação oficial de comemoração aos 131 anos de fundação da cidade de Rio Branco. A programação é coordenada pela Fundação Garibaldi Brasil (FGB) e pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL). O grupo Los Porongas encerrou o festival.

Pela manhã, a FGB abriu as portas da Galeria Juvenal Antunes para a exposição Cores da Cidade. No dia 28, dia de fundação de Rio Branco, o prefeito Marcus Alexandre comandou a entrega da Comenda Volta da Empreza, no Teatro Plácido de Castro. “São ações de continuidade que começaram com o prefeito Raimundo Angelim e nós as potencializamos. Trata-se de uma data muito importante para todos nós”, disse Rodrigo Forneck, que coordena a parte cultural da programação.

A Comenda Volta da Empreza foi instituída pela lei 1.706, aprovada pela Câmara de Vereadores em 16 de junho de 2008 e tem o objetivo de manter as memórias da trajetória do acreano como povo amazônico, valorizar o patrimônio sócio- cultural e homenagear as pessoas que se distinguiram por suas contribuições para o engrandecimento do município. Este ano, a Comenda Volta da Empreza foi concedida ao ex-prefeito Raimundo Angelim, ao artista plástico Sansão Pereira e ao líder comunitário Expedito Monteiro (in memoriam).

O nome da Comenda é uma referência à primeira denominação dada à cidade de Rio Branco no período de sua transição de seringal a povoado. A Comenda Volta da Empreza é constituída de três graus com distintos Patronos.

O grau Fundador, cujo patrono é Neutel Newton Maia, destina-se a reconhecer os que se destacaram por sua significativa contribuição nos campos social, cultural, econômico, humanitário, desportivo, ou outros de notável importância para a cidade, bairro ou comunidade. Neste grau, o artista plástico Sansão Pereira será o agraciado.

O grau Comandante, com o patrono o Coronel José Plácido de Castro, destina-se a homenagear os que contribuíram, através de atos extraordinários com a comunidade, para a consolidação da cidade em nível regional. Neste grau o homenageado será Expedito Monteiro do Nascimento. Falecido no ano passado, Expedito Monteiro foi o primeiro líder comunitário de Rio Branco. Monteiro fundou a primeira associação de moradores no bairro Abraão Alab.

O grau Chanceler tem como patrono José Maria da Silva Paranhos Junior – Barão do Rio Branco. Trata-se da mais alta distinção da Ordem, que se destina a homenagear aqueles que tenham reconhecidamente prestado relevantes serviços ao município, ou que, no exercício da sua atividade, tenham destacado o nome do município de Rio Branco nos cenários nacional ou internacional. Neste grau, o homenageado será o ex-prefeito Raimundo Angelim.

 

Deixe uma resposta