Banner Dividas2

Abril bate recorde em nomes negativados em Rio Branco

Na Capital, três lojas fecharam nos últimos dois meses

O mês de abril vai ficar marcado na Associação Comercial de Rio Branco. Nunca na história se registrou tantos consumidores na lista de inadimplentes do SPC, o Serviço de Proteção ao Crédito. Foram 6.420 negativações, quando a média mensal, do ano passado, foi de pouco mais de 4.000, o que representa 45% a mais. para ter uma noção dessa conta, o número de consultas, que é o serviço oferecido ao lojista para saber a situação do cliente, foi menor, chegando a 6.058.

Mais pessoas foram colocadas na lista de inadimplentes que a quantidade de consultas.

O presidente da Associação Comercial, Jurilande Aragão, acredita que a inflação e o endividamento do consumidor está impedindo que ele pague as contas antigas.

Só que essa queda de vendas vem sendo um duro golpe no mercado. Na área central de Rio Branco, três lojas fecharam nos últimos dois meses.

Nos outros comércios, o movimento é fraco e nem as promoções estão conseguindo chamar a atenção.

O presidente da associação disse que a crise no comércio vem desde a cheia do rio Madeira. Jurilande espera que no meses de julho e agosto haja um aquecimento nas vendas.

No mês de junho, as negativações ficaram em 3.585. Junho os dados ainda não estão fechados, mais deve manter a média. Esses números só vão cair no final do ano, quando os consumidores ou parte deles, usa o décimo terceiro salário para quitar velhas dívidas.

Deixe uma resposta