Acima da média nacional, Acre tem 28% de ausência no 1° dia do Enem

Das mais de 17 mil pessoas que se inscreveram para realizar o exame no estado, 72% compareceu

O primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2021 aconteceu neste domingo (21) no Brasil. Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação da prova, 3,1 milhões de pessoas se inscreveram no exame em todo o país.

Os alunos precisaram resolver 90 questões de múltipla escolha divididas entre linguagens, códigos e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias, além da redação, que teve como tema “invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil”.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 3 milhões de brasileiros não possui nenhum tipo de documento de identificação, isso faz com que essas pessoas não consigam outros documentos, tais como RG e CPF, além da carteira de trabalho e de motorista, e de não conseguir cadastro no Sistema Único de Saúde (SUS).

Ainda no domingo, o Ministério da Educação (MEC) divulgou o balanço de aplicação de provas no primeiro dia. No Acre, dos 22 municípios apenas 17 tiveram a realização do exame impresso, enquanto a versão digital ocorreu apenas em Rio Branco.

Além disso, das 17.608 pessoas se inscreveram para participar no exame na versão tradicional, impressa, no estado, cerca de 28% não compareceu ao local de prova. O que representa 1 a cada 4 candidatos. Dessa forma, o estado fica acima da média nacional de ausentes, que foi de 25,5%. Em relação a prova na versão digital, o Acre teve pouco mais de 750 inscritos, e registrou uma ausência de 43,5% dos candidatos.

No próximo domingo (28), ocorrem ainda as provas de ciências da natureza, matemática e suas tecnologias, encerrando assim os exames do Enem 2021.

Deixe uma resposta