Thumb eclipse

Acontece hoje eclipse lunar, entre 21h e 22h, no Brasil

Cerca de 79% do disco lunar atravessará a penumbra da Terra

Hoje à noite tem um eclipse lunar visível no Brasil inteiro que com toda probabilidade você não vai ver. Isso porque ele será tão discreto que, mesmo olhando para a Lua, é difícil reparar alguma mudança.
Um eclipse lunar acontece quando Sol, Terra e Lua se alinham, de forma que a sombra terrestre se projeta sobre a superfície lunar. Eles vêm em dois sabores, umbrais e penumbrais. Nos primeiros, a Lua passa pela região central da sombra projetada pela Terra, e os raios solares são bloqueados. Nos segundos, o disco lunar passa apenas por uma região de sombra parcial.
O de hoje é justamente desse segundo tipo. Ele acontece entre 18h48 e 22h52 (horário de Brasília), com máximo às 20h50. Mas, mesmo nesse momento de maior intensidade do fenômeno, a mudança de brilho observada na Lua é extremamente sutil.
“Quase imperceptível a olho nu”, diz Gustavo Rojas, astrônomo da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos). “Ocorre apenas um leve escurecimento de uma pequena fração do disco lunar, que pode ser registrado em fotografias.”
Cerca de 79% do disco lunar atravessará a penumbra da Terra, o que resultará numa redução brilho um pouquinho menor do que a vista na foto a seguir, de um eclipse do mesmo tipo em 2002. Naquela ocasião, 89% do disco foi coberto pela penumbra terrestre.
Sem fotografar, só olhando, é ainda mais difícil notar alguma coisa. Ou seja, provavelmente o maior prazer do eclipse de hoje será saber que ele está acontecendo, ainda que você nem o perceba direito.

Deixe uma resposta