Acre deve registrar recorde de calor nesta semana

Agosto registra pelo segundo ano consecutivo volume de chuva abaixo da média

Nos sensores do laboratório de meteorologia da Universidade Federal do Acre (Ufac), nesta segunda-feira (23), a temperatura registrada foi de 37,2 °C . Na terça-feira (24), postagens nas redes sociais mostrando o relógio no centro de Rio Branco registrando 40°C viralizaram. A previsão é que até quinta-feira (26), a temperatura continue subindo.

“Estamos muito preocupados porque o desmatamento e as queimadas na Amazônia aumentaram nos últimos tempos de maneira considerável. Estamos vivendo imersos em um ar que não é respirável, são muitas queimadas, não só o bioma amazônico está sofrendo, outros também”, explicou o meteorologista Alejandro Fonseca.

Pelo segundo ano consecutivo o mês de agosto apresenta volume de chuva abaixo da média, que normalmente é de 50 milímetros. Isso tem deixado em alerta os especialistas em virtude do intervalo entre eventos climáticos extremos, como alta temperatura e escassez de chuvas.

“Em termos mundiais, vemos características de mudanças. No último relatório relacionado com o clima mundial, diz que estamos sobre os efeitos de uma mudança que pode ter chegado para ficar, assim como característica de um novo clima a chegar”, afirmou Alejandro Fonseca.

De acordo com Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, para os próximos dias, Rio Branco deve ter a maior temperatura do mês, registrando até 37°C nesta quarta-feira (25) com sensação térmica de até 40°C.

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) enviou um aviso de onda de calor com grau de severidade de perigo potencial, com início às 11h nesta terça-feira (24) e fim nesta quarta-feira (25) às 19h.

O INMET alerta que a onda de calor apresenta leve risco à saúde, com temperatura 5°C acima da média, nos municípios de Acrelândia, Assis Brasil, Brasiléia, Bujari, Capixaba, Epitaciolândia, Manoel Urbano, Plácido de Castro e Porto Acre.

Foto: TV Gazeta.

Deixe uma resposta