Thumb-cheques

Acreanos continuam entre os mais “caloteiros”, mostra Serasa

Inadimplência com cheques chegou a 9.11% em setembro

Os acreanos continuam entre os mais ‘caloteiros’ no ranking nacional do Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos. O Acre é o quarto estado da lista com o maior número de cheques devolvidos pela segunda vez por falta de fundos, em setembro. Os dados são divulgados mensalmente pelo Serasa e mostrou que 9.11% de cheques foram devolvidos no mês passado.

Em todo o país foram 1,81% dos cheques compensados no mês de setembro. O percentual foi o menor desde os 1,83% observados em fevereiro de 2011 (em janeiro daquele ano o percentual de devolução de cheques havia sido de 1,70%).

Na relação entre os acumulados de 2013 e 2012 o indicador também apresentou queda no percentual de cheques devolvidos. De janeiro a setembro deste ano foram 2,02% de devoluções, contra 2,03% em igual período de 2012.

Segundo os economistas da Serasa Experian, a queda da inadimplência com cheques segue a mesma tendência de recuo que vem ocorrendo com as demais modalidades de inadimplência e são determinadas: pela manutenção das baixas taxas de desemprego; pelo recuo da inflação após as fortes altas verificadas durante o primeiro semestre; e pela atitude mais cautelosa dos consumidores perante contratação de novas operações de crédito.

Nos Estados e regiões
De janeiro a setembro, Roraima foi o estado que apresentou o maior percentual de cheques sem fundos (10,73%). Na outra ponta do ranking está o Amazonas, com 1,39%. Entre as regiões, a Norte registrou o maior percentual de cheques devolvidos (4,38%), ao passo que a Sudeste foi aquela com menor devolução (1,58%).

Deixe uma resposta