250717-cotidiano-paramotor-tvgazeta

Acriano quebra recorde de voo em paramotor

635 quilômetros percorridos em quase 10 horas

O empresário Rogean Alquerque de Sá é um amante dos esportes. Ele é instrutor de paraquedismo e há 5 anos descobriu a modalidade de voo com o paramotor.

Recentemente, ele quebrou o recorde de voo mais longo com o equipamento. Foram 635 quilômetros percorridos de Rio Branco a Cruzeiro do Sul, em 9 horas e 40 minutos.
O recorde anterior era do esportista Roberto Gerolamo, que havia feito o percurso de São Vicente a Florianópolis em 8 horas.

Rogean conta as dificuldades que enfrentou durante o voo. “O problema desse voo em si, além de ter que decolar muito pesado, foi a turbulência. O ar no Acre é muito turbulento, quer dizer, não só no Acre, tudo fora da beira mar é sempre turbulento, e aqui, mais ainda por ser quente”.

O voo foi todo registrado através de um aplicativo e o recorde foi aceito em sites especializados na modalidade.

Mas, para que o recorde fosse possível, Rogean contou com a ajuda de uma equipe para realizar adaptações em seu paramotor. “Não existe um sistema para comportar 50 litros (de combustível). Então a gente teve que fazer os tanques reservas. Esse sistema de tanque reserva foi desenvolvido pela gente, eu, Luiz Carlos e Paulinho. A parte da água também foi adaptada”.

Para que o feito fosse realizado, Rogean levou cerca de um ano de adaptações, estudos e treinos, apesar de considerar que ainda seja cedo para falar em novos recordes, ele revela que já tem planos para um novo voo.

“É cedo para estar falando, acabei de bater o primeiro recorde nacional, o anterior já tinha mais de um ano que estava valendo. Agora é relaxar. Mas, o que eu tenho de plano é fazer esse voo em Rondônia. O vento lá é mais alinhado com o destino, sendo possível chegar mais longe, mas tudo ao seu tempo”.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*