030119-cotidiano-dificuldades-translado

Acrianos morrem em acidente na Argentina

Família enfrenta dificuldades para transladar os corpos

Os familiares dos dois acrianos mortos num acidente de transito ocorrido na ultima terça-feira (1°) ainda aguardam a resolução de tramites burocráticos para realizar o translado dos corpos.

Francisco Mardens, 40 anos, morador de Cruzeiro do Sul e Renato César Bronsoni, 33, morador de Rio Branco, viajavam com um grupo de amigos pelas estradas da Argentina, quando ocorreu o acidente envolvendo duas motocicletas e uma caminhonete.

A mãe de Francisco, Rossilda Sales, falou sobre a dor em esperar a resolução de tanta burocracia para poder sepultar o filho, “a maior dificuldade é que foi fora do nosso país, a gente sabe da dificuldade, da burocracia para chegar até aqui, nós até agora não sabemos o dia que o corpo chega aqui. Os rapazes que andavam com ele, amigos, estão empenhados em vê essa documentação, mas é muito difícil.”

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*