Banner Seasa-Vazia

Agricultores contabilizam prejuízos depois da cheia do rio Acre

Os principais afetados foram os pequenos produtores

Com crise de abastecimento a Ceasa (Central de Abastecimento e Comercialização de Rio Branco) tem apenas um pequeno estoque de produtos da região. Estão faltando várias frutas e verduras, mesmo as produzidas em Rio Branco já não estão sendo mais encontradas.

Uma pesquisa da Secretaria Municipal de Agricultura aponta que a cheia do Acre deixou um prejuízo de 6 milhões e meio de reais na área rural, os principais afetados foram os pequenos produtores que aproveitavam as áreas baixas próximos ao rio Acre para plantar.

Na área agrícola o prejuízo foi de 6 milhões de reais, 62% dessas perdas foram nas plantações de macaxeira, 25% nos bananais e 9% frutas. Foram registrados prejuízos na ordem de 500 mil reais com produtores que tinham criação de aves e piscicultores.

A cheia do Rio Acre atingiu as regiões mais produtoras de Rio Branco e fez com que 339 famílias perdessem a principal fonte de renda.

O prefeito disse querer ajudar esses produtores abrindo um espaço com os bancos para renegociações das dívidas e assim que passar a chuvas pretende começar um programa de mecanização agrícola para ajudar a recuperar as áreas que foram destruídas.

Deixe uma resposta