3008-cotidiano-protestopelapaz

Alunos da Escola João Aguiar fazem homenagem a Luana

Alunos e amigos de Luana exigem mais policiamento

No final da tarde de sexta-feira, vários alunos e professores da escola João Aguiar protestaram contra a violência e exigiram fortalecimento da Segurança Pública na comunidade. A lembrança de uma cultura de Paz também foi fortalecida em cartazes e discursos.

A escola João Aguiar era onde a jovem Luana de Freitas, 15, estudava. Ela foi morta em um assalto ocorrido às duas da manhã na casa onde morava, no bairro Conquista. Levou um tiro nas costas e não resistiu ao ferimento.

Homenagens de alunos e amigos foi feita nas ruas próximas à escola. Ela cursava o primeiro ano do Ensino Médio. Segundo as professoras, ela “vivia rindo”.

Revoltados com a falta de segurança, eles exigem mais policiamento para o bairro. Alguns alunos não estão mais nem levando mochilas para a escola com medo de assaltos.

Deixe uma resposta