Amigos de estudante baleado por sargento da PM protestam em Epitaciolândia

Grupo pedia por justiça e que a situação não fique impune; entenda o caso

Um grupo de amigos do estudante de medicina Flávio Endres, que foi baleado na noite deste sábado (27) pelo sargento da Polícia Militar do Acre Erisson Nery, se reuniu em frente a Delegacia de Epitaciolândia na manhã desta segunda-feira (29). Vestidos de branco e com balões da mesma cor, o grupo pedia por justiça e que a situação não fique impune.

Entenda o caso

O sargento da Polícia Militar do Acre, Erisson Nery, que faz parte do trisal com a também sargento Alba Radine e a administradora Darlene Oliveira, está sendo acusado de efetuar dois tiros contra um estudante de medicina, identificado por Flávio Endres, na noite deste sábado (27), em um bar de Epitaciolândia, onde vivem.

Já na manhã deste domingo (28), a Polícia Militar do Acre emitiu uma nota de esclarecimento confirmando que o trisal se envolveu na briga no bar, que está apurando o ocorrido junto com a Polícia Civil, além de informar que Erisson Nery ainda não foi localizado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*