261017-cotidiano-falta-internet

Apagão de mais de 12 horas prejudica acrianos

Sem poder passar cartão, comerciantes perderam vendas

Sem internet e sem telefonia no estado por mais de 12 horas, os acrianos ficaram prejudicados e sem acesso a alguns atendimentos.

Nas agências bancárias nenhum serviço esteve disponível durante quase toda a manhã desta quinta-feira (26).

A aposentada Regina Lima, foi uma das inúmeras pessoas que se sentiram prejudicadas. O marido de Regina é hipertenso e ela precisava comprar o medicamnto dele, para não andar com dinheiro na bolsa, com medo de assaltos, ela usa apenas o cartão de débito, que hoje não pode ser utilizado por falta de internet, “eu vim comprar o remédio e não passa o cartão, você não pode andar hoje com dinheiro, é perigoso. Você paga uma internet bastante cara e todo mundo está sendo lesado, prejudicado.”

No comércio a situação não foi diferente. Sem internet, os lojistas perderam vendas por não ter como passar compras no cartão de débito ou crédito. “Pro comércio é complicado, a gente acaba perdendo a venda, o cliente, ainda mais nessa época do mês que a gente está despendendo de vendas no cartão, porque o cliente não quer gastar o dinheiro que tem na carteira. O sistema não funciona, a gente paga pela operadora e ela não corresponde,” reclamou a vendedora Mara Regina Araujo.

As operadoras alegam que um rompimento numa fibra optica gerou o apagão.

O diretor do Procon no Acre, Diego Rodrigues, se manifestou sobre o problema. Através de nota ele disse que, o “Procon/Acre irá notificar as empresas pedindo esclarecimentos sobre o ocorrido e a partir disso proceder com abertura de processo administrativo.”

Nota do Procon

APAGÃO TELEFONIA E INTERNET NO ACRE
Consumidores do Acre ficaram sem a prestação dos serviços de telefonia fixa, móvel e internet desde ontem, 25. Até o momento nenhuma operadora prestou esclarecimentos detalhados sobre o que aconteceu.
O Procon/Acre irá notificar as empresas pedindo esclarecimentos sobre o ocorrido e a partir disso proceder com abertura de processo administrativo, é importante destacar a responsabilidade que outros órgãos possuem nesse processo, principalmente da Anatel, onde os consumidores também devem fazer denúncias. MP, MPF e a bancada federal que representa o Acre na Câmara dos Deputados e no Senado, devem também somar forças na cobrança de melhorias efetivas na prestação desse serviço essencial, já que o Acre é constantemente afetado por esses apagões que geram grandes prejuízos aos consumidores, aos fornecedores e às relações comerciais.
O Procon cumpre o seu papel no que lhe compete, mas esse é um problema que necessita de muitos órgãos envolvidos para buscar efetiva solução.
Aos consumidores, cabe a reparação pelos prejuízos, inclusive com abatimento proporcional nas contas, pelo período que o serviço esteve fora do ar. Procurem o Procon/Acre, na Oca, para formalizar as reclamações nesse sentido, as empresas são obrigados a fazer o abatimento. Ou usem o site www.consumidor.gov.br
Diego Rodrigues

Diretor Procon/Acre

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*