Após chuva nesta quarta-feira, empresários reclamam de prejuízos por causa da estrutura na Expoacre

Secretaria de Empreendedorismo disse que empresa contratada já realiza reparos estruturais

Diversos empresários do ramo de confecções foram as redes sociais reclamar da estrutura destinada a eles pelo Governo do Acre no Parque de Exposições Wild Viana, onde é realizada a Expoacre 2022. Isso porque, na tarde desta quarta-feira (3), após forte chuva no local, as tendas onde eles estão acomodados foram atingidas pelas águas.

As reclamações falam sobre a perda do material exposto – que foi atingido pela chuva, já que a proteção das tendas não foi suficientes; prejuízos financeiros; além da insatisfação com o local que foi destinado a eles, pelo Governo do Acre, para apresentar os produtos à população.

Em nota divulgada na manhã desta quinta-feira (4), a Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo (Seet) disse que um problema na montagem das tendas do setor de confecções provocou acúmulo de água e transbordou. Dessa forma, 12 empresários tiveram danos materiais. Além disso, o órgão afirma que a empresa contratada para instalação das tendas já realiza os reparos estruturais.

Confira a nota na íntegra:

A Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo (Seet) esclarece que, nesta quarta-feira, 3, uma chuva repentina atingiu a região do Parque de Exposições Wild Viana, onde é realizada a Expoacre 2022.

Um problema na montagem das tendas do setor de confecções provocou acúmulo de água e transbordou. No espaço ficam 16 expositores, e 12 tiveram danos materiais.

A empresa contratada para instalação das tendas já realiza os reparos estruturais. O mau cheiro no local foi provocado pela sujeira arrastada pela chuva e o problema foi reparado.

Em relação aos prejuízos dos expositores atingidos, a Seet faz um levantamento e realizará ressarcimento.

Márcio Pereira
Secretário de Estado de Empreendedorismo e Turismo

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*