Banner EQUOTERAPIA

Equoterapia proporciona melhor qualidade de vida

“Para mim, é importante. Isso me ajuda a andar”, diz jovem

Uma criança montada em um cavalo e rodeada de adultos para dar toda segurança possível. A cena poderia ser comum como qualquer outra se não fosse um detalhe. No rancho Porta do Céu, o ‘Pipoca’ tem a missão de proporcionar melhor qualidade de vida para meninos e meninas que nasceram com algum tipo de deficiência.

“Para mim, é importante. Isso me ajuda a andar. Eu fui gostando, gostando e estou até hoje”, confessa Samuel Pinheiro. O jovem de 19 anos de idade tem dificuldades de locomoção. Desde 2012, ele iniciou as sessões de equoterapia.

Este é o nome dado ao método terapêutico e educacional feito com a ajuda de cavalos com pessoas que apresentam necessidades especiais. Fernanda Fernandes trabalha na área há três anos e sabe como ninguém o que as sessões são capazes de fazer.

“Em uma sessão, a gente consegue trabalhar todos os músculos para que eles tenham um desenvolvimento melhor. Como, segurar a cabeça e o tronco. Isso melhora o tônus muscular, ou seja, dar função para aquele músculo que está parado”, explica a fisioterapeuta.

A pequena Nicole nasceu com paralisia cerebral. Há dois meses, ela participa das sessões de equoterapia. No começo, a menina estranhou o cavalo. Mas agora, é outra história. “Ela ama andar no cavalo. Quando é para sair, a Nicole fica chorando”, relata a mãe, Vângela Ferreira.

A terapia ocorre uma vez por semana. Já os benefícios, esses são para a vida toda. A Nicole é a prova disso. Em tão pouco tempo, as melhoras são visíveis. “Ela melhorou o controle de cabeça e do tronco”, enfatizou a fisioterapeuta.

Bom para a garota e melhor ainda para a mãe, que acompanha tudo de perto e torce pela evolução da Nicole. “Tenho muita esperança de ver minha filha o máximo independente possível”, concluiu Vângela.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*