13-10-2020 atelie-aquiri-produz-biojoias-desde-2016

Ateliê Aquiri produz biojoias em macramê desde 2016

Moda sustentável é um mercado em expansão

O Ateliê Aquiri foi criado em 2016, por Laura Lourdes Gomes Cordeiro de 23 anos, artesã e empreendedora acreana, que iniciava sua jornada no macramê “é a técnica de tecer fios manualmente, sem o uso de agulhas ou tear, para a produção desde joias a mantas decorativas, todas em nós,” explica a empreendedora.

Com o macramê, Laura cria biojoias, que ao contrário das joias tradicionais são feitas com elementos naturais e evitam transformações industriais nos materiais utilizados. Com a criação dessas biojoias, a artesã começou o próprio empreendimento. “Empreender hoje em Rio Branco é um desafio, mas também é um processo constante de autoconhecimento”, relata.

13-10-2020-atelie-aquiri Colar da coleção “Mãe da Mata”, criada e desenvolvida por Laura. 

Além de tecer as joias, Laura também pensa em todo o design e criação. “Eu imagino inicialmente e desenho, o que me ajuda a saber por onde começar e até quais nós usar. Me inspiro nos gostos e estilo do cliente e também em outros artistas”. Cada biojoia produzida é única, os clientes podem encomendar ou também comprar modelos prontos que estão disponibilizados no instagram do Ateliê Aquiri.

“É gratificante ver o consumo dos produtos ecológicos e recicláveis crescendo em Rio Branco, nos faz pensar onde moramos e a grandeza que a terra do Acre tem, temos muita arte e uma cultura riquíssima, que está crescendo demais”.

O nome do Ateliê é inspirado e é uma homenagem ao Acre, “Aquiri” significa “rio dos jacarés” na língua nativa dos indígenas Apurinãs, os habitantes originais da região do estado.

 
What do you want to do ?

New mail

Deixe uma resposta