Banner manutençaocarro

Atenção aos procedimentos antes de pegar a estrada

Manutenção preventiva é a melhor providência

Neste fim de ano, muitos acreanos aproveitam o período para viajar e curtir merecidas férias após meses de trabalho. Para quem vai pegar a estrada, a reportagem de Agazeta.Net conversou com o instrutor de mecânica do Senai, Rafael Silva. Ele traz algumas dicas para os motoristas que vão encarar as rodovias federais e estaduais.

Troca de óleo e dos filtros

“Todo fabricante recomenda a troca antes dos 5 mil quilômetros para que não ocorra entupimentos. A não troca destes componentes(filtros de ar, combustível, óleo, etc) vai ocasionar a quebra da peça mais cara do veículo que é o motor. A manutenção preventiva é bem mais em conta que a corretiva.”

Sistema de arrefecimento

“Os motoristas esquecem muito de colocar aditivos e só abastecem com água. Isso causa uma ferrugem muito grande e traz prejuízos diretamente para o motor que vai travar ou esquentar demais.”

Cabos e velas

“Estas peças trabalham em conjunto com o sistema de injeção eletrônica. Os componentes devem ser trocados a cada 40 mil quilômetros rodados, de acordo com a recomendação do manual do fabricante. Com o tempo, os cabos se desgastam, causam falhas no motor e aumenta o consumo de combustível.”

Estepe

“Muitos motoristas esquecem de verificar o estepe antes de viajar. É importante verificar o desgaste e, principalmente, a pressão deste pneu. Todos têm uma calibragem que é em torno de 35 a 45 libras. Esta calibragem deve ser feita de acordo com os outros pneus do automóvel. E não pode esquecer do triângulo de emergência, o macaco e chave de rodas.”

Deixe uma resposta