thumb celular

Brasil tem tarifa de celular mais cara do mundo, diz estudo

País tem mais de 2 milhões de linhas ativas na telefonia móvel

Cada vez mais crescente e dominando o mercado tecnológico, o aparelho de telefonia móvel vem se destacando no que é caro no Brasil. O valor não é somente no aparelho, mas nas ligações.
Segundo estudo divulgado pela União Internacional de Telecomunicações (UIT), órgão ligado às Nações Unidas, as tarifas de telefonia móvel cobradas no Brasil são as mais caras do mundo em termos absolutos.
De acordo com o levantamento, que tem como base dados de 2012, o preço por minuto para ligação entre celulares de uma mesma operadora é de US$ 0,71 no Brasil, a mais cara entre os 161 países analisados. Perto do Brasil estão Bélgica e Nova Zelândia, com US$ 0,70 o minuto, e Suíça, com US$ 0,68.
No México e na Argentina, o preço por minuto é de US$ 0,32, no Peru, de US$ 0,18, e no Chile, US$ 0,14.
No caso das ligações entre diferentes operadoras, a ligação fica ainda mais cara no Brasil, com o valor de US$ 0,74 dólar o minuto. Entre os países com tarifa mais alta, estão Bélgica e Nova Zelândia (US$ 0,70), Suíça (US$ 0,68), Argentina e Irlanda (US$ 0,63).
Na Rússia, a ligação para diferentes operadoras custa US$ 0,09 centavos o minuto, na África do Sul, US$ 0,40, e na Índia, US$ 0,02.
De acordo com a associação das operadoras de telecomunicações no Brasil, a Telebrasil, o estudo leva em conta apenas o preço máximo adotado pelas operadoras. A Telebrasil também citou a carga tributária brasileira como fator de encarecimento da telefonia móvel no País.
O Brasil terminou agosto com 268.440.423 linhas ativas na telefonia móvel. O dado foi divulgado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). No período, as novas habilitações passaram da marca de 1,44 milhão de linhas, informou a agência.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*