thumb thais

Caso Telexfree pode ter reviravolta ainda este ano

Audiência de conciliação deverá ser realizada

As atividades da Ympactus Comercial Ltda, a Telexfree, estão bloqueadas desde junho deste ano por uma série de irregularidades. Entre elas, indícios de pirâmide financeira, prática proibida no Brasil. Porém, o caso que ganhou repercussão nacional pode ter uma reviravolta ainda este ano.

“A ação que está em via de ser decidida é cautelar justamente é que vai definir se é necessário ou não manter aquela liminar[que mantém as atividades paralisadas]. A ação civil pública, nela que será realizada, em breve, uma audiência[de conciliação] para verificar junto as partes alguma possibilidade de acordo”, informou a juíza da 2ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco.

Segundo Thaís Khalil, outra maneira de colocar fim ao impasse é por meio de decisão saneadora. Recentemente, uma decisão da magistrada autorizou desbloqueio parcial de bens da Telexfree.

A quantia ainda não está definida, mas já tem destino certo: quitar dívidas de um hotel que está em construção no Rio de Janeiro. Como garantia e também cautela, em caso de futuras ações, o imóvel está hipotecado e não pode ser vendido.  Estima-se que em todo país, um milhão de pessoas tenham investido no negócio, no acre os números apontam, pelo menos, 70 mil divulgadores.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*