thumb cau

CAU/AC participa de seminário sobre engenharia e Arquitetura

Temas como a Cidade do Povo, foram discutidos no evento

Membros do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Acre (CAU/AC) participaram durante toda esta quarta-feira, 25, no anfiteatro da UFAC,do Seminário Engenharia Urbana: Cidade e Mobilidade, Engenharia e Arquitetura Pública realizado pelo SENGE (Sindicato dos Engenheiros no Estado do Acre), Federação Nacional dos Engenheiros (FNE), através do programa Cresce Brasil.Temas como a Cidade do Povo, regularização da vazão do Rio Acre, regularização Fundiária e mobilidade urbana foram discutidos durante o seminário por profissionais e entidades envolvidas em cada segmento.

O CAU/AC montou um stand, onde pode esclarecer dúvidas acerca da profissão e também divulgar alguns trabalhos que estão sendo realizados pelo Conselho.
O seminário teve a participação do presidente da Federação Nacional dos Engenheiros, Murilo Celso de Campos Pinheiro, do prefeito da cidade de Rio Branco Marcos Alexandre e também do governador do estado Tião Viana.
Durante o Painel 1 que debatia sobre planejamento urbano, mais especificamente voltado para a cidade do povo estiveram presentes à mesa Fabiano Diniz, arquiteto e urbanista e doutor pela universidade Paris III, o Secretário Estadual de Obras Públicas arquiteto e urbanista Leonardo Freire, Membro e pesquisador da Society for Design andProcessdoutorando Moisés Lopes Sanches, como representante do CAU/AC o mestre em Desenvolvimento Urbano Arquiteto e Urbanista Márcio Carvalho, a doutora arquiteta e urbanista Soad Farias Franca e o secretário de Habitação Hostênio Ferreira de Souza.
Após uma breve apresentação do projeto Cidade do Povo pelo secretário de obras Leonardo Freire e a apresentação dos outros dois painelistas o debate foi aberto. Márcio Carvalho, representante do CAU/ACse posicionou favorável ao projeto, mas ressaltou que a cidade do povo não é uma cidade, mas sim um loteamento Urbano. “É preciso estabelecer essa especificidade, essa pluralidade das políticas envolvidas dentro da construção da cidade do povo”, afirmou Márcio.
Tião Fonseca explica que o debate sobre planejamento urbano e experiências positivas para combater problemas como a falta de moradia, é uma discussão que vem acontecendo em todo o Brasil.“É necessário discutir sobre os problemas que afetam nossos municípios e destacar as ações positivas que vem acontecendo em nosso estado”, finalizou Tião Fonseca

Deixe uma resposta