041017-cotidiano-outubrorosa-tvgazeta

Cecon abre atendimentos para exames de mamografia

Serviços fazem parte do Outubro Rosa no Acre

No mês de outubro, abre-se a discussão em torno da prevenção do câncer de mama que, segundo as autoridades em Saúde, é o tipo de câncer que mais afeta as mulheres no Brasil e no mundo, respondendo por cerca de 25% de casos novos por ano. É a segunda causa de morte por câncer nos países desenvolvidos, atrás do câncer de pulmão.

No Acre, em 2016, foram registrados 58 novos casos de câncer de mama e 25 mulheres morreram devido a doença.
Em 2017, a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) alerta para o acesso ao tratamento como prioridade da campanha outubro rosa e a conscientização sobre a importância da detecção precoce da doença. No Acre, o Centro de Controle Oncológico (Cecon) é a unidade referência em exames que detectam o câncer de mama.

“A mamografia é o exame de prevenção, de detecção de uma lesão precursora, então quanto antes eu fizer, eu detectar uma lesão, melhora a possibilidade de tratamento e a cura que pode ser providenciada, digamos assim”, explica Carina Hechemberger, gerente de assistência de saúde do Cecon.

Segundo a direção do Cecon, a oferta diária é de 80 mamografias, mas em média, são realizados apenas 40 exames. A pouca procura é explicada por diversos fatores, entre eles, o medo de que o procedimento seja dolorido.

“No mês de setembro realizamos 457 mamografias, quando nossa oferta é pelo menos o dobro o que demonstra que a mulher não está procurando o exame que é primordial para a detecção de uma lesão que pode ser câncer”, acrescenta.

Neste mês, em comemoração as atividades do Outubro rosa, o Cecon vai ofertar mamografia sem agendamento prévio. Ou seja, não haverá a necessidade de procurar uma unidade de saúde pra buscar encaminhamento médico. “A mulher que tiver de 50 anos a 69 anos de idade venha ao Cecon com identidade e cartão do SUS, que ela já vai fazer o exame, sem precisar de agendamento”, explica.

A gerente do centro explica que o resultado do exame sai em poucos dias e a paciente é encaminhada a tratamento, caso necessário.

“A partir da realização do exame numa média de 15 dias o laudo é liberado. Havendo alteração, automaticamente será feito o agendamento será feito com médico especialista, o mastologista aqui mesmo no Cecon. Não havendo alteração nenhuma na mamografia a mulher vai levar esse resultado de volta pro seu médico ou enfermeiro de referência na unidade básica”, completa.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*