180319-ciclone-mocambique

Cidade moçambicana é destruída por ciclone

“Missionários do Acre estão bem”, informa pastor

Na noite da última quinta-feira (14) um ciclone atingiu a cidade de Beira, centro de Moçambique, na África.

De acordo com o pastor e líder da Igreja Batista do Bosque, Agostinho Gonçalves Ribeiro, a IBB tem 76 igrejas em Moçambique, sendo uma delas, a que ficava em Beira, a sede do trabalho missionário naquele país. “As perdas foram os bens materiais, nossa igreja foi destruída.”

No local, quem está à frente da igreja é o casal Aymar e Márcia Roger, com eles, moram os dois filhos. Apesar da destruição da igreja, os enviados do Acre estão bem, afirma Agostinho, “a cidade está com 90% destruída, Aymar e Márcia são os nossos missionários lá, eles e os filhos estão bem, falei com eles hoje. A cidade está ilhada até agora, sem comunicação, mas estamos conseguindo manter contato com eles.”

Ainda segundo o pastor, a igreja no Acre tem acompanhado a situação e busca uma forma de enviar suprimentos aos missionários, “estamos vendo como que daqui, como a gente vai conseguir alimentos para eles lá, nós estamos acompanhando e estamos empenhados como igreja em ajudar.”

A tragédia

A passagem do ciclone Idai já deixou mais de 150 mortos desde a semana passada após atingir Moçambique, Zimbábue e Malawi, informou nesta segunda-feira (18) a agência Reuters, citando autoridades locais.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*