1709-cotidiano-vivomaquina-tvgazeta

Clientes Vivo fazem peregrinação para comprar crédito

Máquinas de crédito serão substituídas em um mês

Basta ir às ruas, conversar com as pessoas e logo surgem reclamações contra a Vivo, a operadora de telefonia móvel como maior número de clientes no Estado. “Você vai ligar, o celular dá sinal, mas você não consegue completar a chamada”, expôs o mototaxista Manoel Alves.

Se não bastassem os problemas de comunicação, os consumidores estão com dificuldade para efetuar recargas no plano pré-pago. Desde a última terça-feira, 16, as máquinas que fazem este serviço estão sem sistema.

A comerciante Maria Anécia já soma os prejuízos. Nesta quarta-feira, 17, ela tentou vender crédito e mais uma vez apareceu a mensagem que o serviço está bloqueado.
Ela não entende o motivo ao certo e até agora, ninguém apareceu para dar uma explicação. “A clientela foi toda afetada. Se eu tivesse a recarga, já tinha vendido R$ 1.200”, argumentou.

AGazeta.Net procurou a Central de Atendimento da Vivo em Rio Branco. A reportagem foi informada, apenas, que a operadora está trocando as máquinas de recarga. A substituição completa dos equipamentos deve demorar, em média, um mês. Enquanto isso, tem gente que está pensando em voltar ao passado.

“É melhor andar a pé e ir onde eu preciso fazer o negócio pessoalmente. O celular não está servindo para nada”, enfatizou Francisco Negreiros.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*