thumb pontes3

Com pontes caídas, produtores ficam isolados em Brasileia

Vereadores foram procurados e cobrados por solução

Produtores rurais do ramal do Km 59 Ramal do Raimundo Fogo em Brasiléia, estiveram na manhã desta terça-feira 11, na galeria da Câmara Municipal de Brasileia para cobrar recuperação de pontes que caíram no referido ramal deixando dezenas de famílias isoladas.

O ramal do Km 59 é onde mais se produz café com incentivo do Governo do Estado e o risco de perda de produção é grande como informa Alonso Andrade, um dos que estão isolados.”A situação lá tá critica, do outro lado do igarapé está todo mundo isolado, nem carroça passa por lá, sem contar que a gente não produz só café não, e a gente precisa puxar nossa produção”, falou.

Alonso comenta que até o momento em que faziam a cobrança nenhuma autoridade tinha ido até a localidade saber da situação mesmo sabendo que as pontes (três no total), caíram há cerca de uma semana.

Um dos produtores mais ilustres da localidade e que dá nome ao ramal, Raimundo Fogo, lamenta a atual situação. ” Eu sinto muito por que a gente tem prefeito mas nem apareceu lá, vão dizer é que a gente está mentindo. Eu já tenho 40 anos que moro ali e nunca vi uma situação daquela, nem moto está passando lá. As pessoas de alto poder tem que tomar uma providencia”, lamentou.

Após a sessão ordinária da Câmara, os onze vereadores se reuniram para tomar ciência da problemática e possíveis encaminhamentos junto ao executivo municipal.

Por telefone o repórter Almir Andrade falou com o prefeito Everaldo Gomes, que citou já ter enviado uma equipe da secretaria de Obras para a comunidade no intuito de conferir de perto a situação e tentar resolver o problema.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*