190717-cotidiano-comercioexpoacre-taianelima

Comerciantes apostam em aumento de vendas na Expoacre

Comércio se prepara para os nove dias de feira

Os comerciantes de Rio Branco esperam que o período da Expoacre possa aquecer as vendas neste fim de mês. No centro da cidade, é possível notar que os donos de lojas apostam na moda country para a ocasião. Nas vitrines, manequins com blusas quadriculadas, chapéus e botas, chamam a atenção dos compradores.

Segundo a empresária e dona de uma loja de confecções, Geciane Magalhães, embora a crise ainda seja sentida no comércio acriano, ela decidiu se preparar e renovar o estoque. “Como são nove noites de festa, a gente espera que o comércio dê uma aquecida. Essa é a expectativa. O comerciante tem que apostar. Essa procura aumenta realmente nas noites de shows principais e no período da cavalgada”.

Ela conta ainda que a crise não afasta os compradores. “O povo, querendo ou não, dá um jeitinho, cartão de crédito, parcela, mas todo mundo quer uma roupa nova”.

Os mototaxistas também aguardam que o trabalho fique mais intenso nesse período. “Eu acredito que seja bem melhor pra nós. Esperamos que nessas nove noites a gente fature uns três mil reais”, disse o mototaxista Heideiel Alencar.

Recentemente, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Acre (Fecomercio/AC), por meio do Instituto Fecomercio de Pesquisas Empresariais do Acre (Ifepac), divulgou dados de uma pesquisa realizada com empresários da rede hoteleira na capital sobre a Expoacre: 73% dos entrevistados disseram que estão otimistas com o aumento da taxa de ocupação durante a festividade.

Em relação aos serviços de hospedagens, nove em cada dez empresários admitem que concederão descontos em margens autorizadas em relação aos preços cobrados nas diárias. Além disso, a expectativa de ocupação dos hotéis é de 60%.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*