080318-cotidiano-comercio-mulheres-presentes

Dia da Mulher: Comércio vive expectativa de aumento de vendas

Mas o que elas gostariam de ganhar de presente?

O dia das mulheres é mais uma data importante para o comércio varejista. E em meio a esse movimento do consumidor está a incerteza do que agrada as homenageadas. Nossa equipe dá uma forcinha, ouvindo delas mesmas, o que é bom e o que não é bom receber de presente.
As vitrines do comércio de Rio
Branco se enfeitaram, literalmente, para lembrar que o dia das mulheres chegou e que o mês de março todinho está aí pra presentear. E pra ajudar o consumidor, as lojas oferecem descontos especiais, 30, 40, 50 e até 70% de desconto. Algumas ainda estão em clima de liquidação.

A comerciante Raissa Rebouças acredita em saldo positivo no balanço das vendas no mês das mulheres. “A gente tá com expectativa pelo que tá acompanhando essa semana que já tá 20% a mais que no ano passado”, afirma.

Na loja, especializada em artigos femininos, os presentes que mais tem saído são blusas e acessórios. O marido da comerciante opina genericamente sobre o que as mulheres merecem ganhar. “Primeiro lugar merece carinho, amor, flor também tem seu lugar, momento, roupa. Acho que depende da ocasião. Às vezes você pode dar buquê de flores e uma peça de roupa também, né”, opina o comerciante Luciano Guimarães.
Mas o que elas, as homenageadas gostam de ganhar?

“Perfume. Gosto muito de perfume”, disse a vendedora autônoma Juscinéia Barbosa.
“Eu gosto de ganhar sapato e bolsa”, disse a dona de casa Eliane Amorim
“Uma jóia. Com certeza. Eu gosto de ganhar roupas, jóias, essas coisas que mulher gosta”, comentou Alba Ferreira.

“Vestido. Eu amo vestido”, disse Andriele Menezes.

“Eu gostaria de ganhar roupa”, afirma a autônoma Rosângela Rais.

“Acho que a mulher gosta de sapato, né. A gente quando ganha sapato a gente se sente muito feliz. E bolsa também por que mulher gosta bastante de bolsas”, afirma a vendedora Venice Silva.

Venice “coincidentemente” trabalha em uma loja que comercializa sapatos e bolsas. Mas ela afirma que gosta mesmo desse tipo de artigo e se não atuasse nesse ramo, essas seriam as opções que ela apreciaria.

Já ajudamos com dicas do que oferecer às mulheres nessa data, agora nossa curiosidade foi além e perguntamos: Não me venha com..?

“Não me venha com panelas, essas coisas de cozinha que não é pra mim, é pra casa”, opinou a dona de casa Alba Ferreira.

“Flores. Eu gosto de flores, mas eu acho que é uma coisa que a pessoa ganha, mas a flor murcha. Acho que não é legal”, opina a atendente de telemarketing, Taís Borges.

“Com sapatilha. Não gosto”, afirma Rosângela Rais.

“Nada de casa. Coisa para mim. Maquiagem, roupa, sapato, nada de casa”, afirma Rafaela Silva.

“Coisa de cozinha. Por que parece que quer que a gente trabalhe mais. Pra quê? Tem que ganhar coisa pra gente”, disse a dona de casa Andriele Menezes.

Agora ficou fácil! Com essas dicas, quase unânimes, ninguém vai errar na hora de escolher o presente. Tem o mês todo pra definir o artigo. Afinal, março é mês todo em homenagem às mulheres.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*