130417-cotidiano-cursinho-tvgazeta

Contagem regressiva para prova da PM

29 mil candidatos já pagaram inscrição para concurso

A rotina de estudos para milhares de pessoas que se inscreveram para o concurso da PM do Acre está terminando. No próximo dia 23, será aplicada a prova. Serão 230 vagas para homens e 46 para mulheres além das 20 vagas para músico e aluno soldado de saúde.

Cerca de 36 mil pessoas se inscreveram para o concurso da PM, mas apenas 29 mil pagaram a inscrição. É um dos exames mais concorridos já realizados no Estado. Mas, para o professor de cursinho Emerson Silva, a concorrência é bem menor quando se fala em quem realmente se preparou para o certame. Ele estima que apenas 20% dos inscritos estão realmente preparados para passar.

“Evidenciando que temos 29 mil inscritos, em cursinhos não cabem hoje 2 mil pessoas. Isso quer dizer que em casa a pessoa precisa ser muito focada”, explica.

O professor explica que o certame não deixa margem ao erro e nesse aspecto, ganha quem estiver atento. “Você não pode chutar, não pode deixar em branco. Uma questão só que você deixa ou erra, 100 ou 200 pessoas podem pular na sua frente. Então o acreano tem que entender que ele tem que estar muito preparado. Tem que deixar muita coisa de lado pra se dedicar”, afirma.

No cursinho onde Emerson ministra aulas de Matemática, estão matriculados 600 candidatos do concurso. Agora as turmas estão na fase do “intensivão”. Entre os alunos, está Davi Freire Aires. Este é o primeiro concurso que o jovem de 18 anos participa. Para ele, já é um diferencial estar inserido em um cursinho preparatório.

“Tem muitas pessoas que não vem pro pré-concurso e não sabem a realidade da prova. A gente vindo pra cá, tem uma noção uma ideia do que vai cair na prova, pra se preparar, mais do que quem está estudando em casa”, afirma.

Mas nem todo mundo tem condições de investir em um cursinho. Caso por exemplo da estudante Jenifer Nascimento de 17 anos. Ela está prestes a completar 18 e não perdeu tempo. Assim que saiu o edital, iniciou a rotina de estudos. Ela é frequentadora da Biblioteca Pública, local aonde muita gente que vai participara do concurso também escolheu pra se preparar.

 “Na segunda e na quarta eu venho pra cá pra biblioteca. Estudo de 12 horas às 17:30 horas. Nos outros dias de semana eu fico em casa, e estudo de 14 horas às 17 horas, até mais”, explica.

Passar no primeiro concurso e ainda ser uma policial militar vão representar uma das maiores conquistas da vida, afirma Jenifer. “Vai ser muito legal, vou gritar, além de dar muito orgulho pra meus pais, vou ficar muito feliz”.

A prova do concurso da PM será no próximo dia 23. Para a Jenifer o desafio de passar é ainda maior que à outros candidatos. Das 230 vagas disponíveis, apenas 46 são para pessoas do sexo feminino. Mesmo assim a jovem acredita que o incentivo da família e a rotina de estudos são suficientes para disputar as vagas de igual pra igual.

Além das vagas para aluno soldado combatente, o edital prevê mais 20 vagas para nível técnico, sendo 10 para aluno soldado músico e 10 para aluno soldado de saúde nas áreas de enfermagem e auxiliar de saúde bucal.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*