220317-cotidiano-domporquito-gleilsonmirandaagenciadenoticasdoacre

Contrato com empresa de Hong Kong está mantido

Informação será reforçada em reunião desta tarde

A Agência de Negócios do Acre e a Secretaria de Estado de Agropecuária confirmam a informação de que o contrato assinado entre a Dom Porquito e uma empresa de Hong Kong para exportação de carne suína está mantido.

Hong Kong, o maior importador de carne bovina do Brasil, havia suspendido comércio após deflagração da Operação Carne Fraca. Mas, mesmo diante da restrição anunciada, o Governo do Acre garante que o contrato está mantido.

Não foi anunciado o volume de recursos envolvidos. Apenas que foi fechado acordo para que o frigorífico acriano envie mensalmente dois contêineres de 28 toneladas cada. O modal utilizado será a Estrada do Pacífico.

A exportação do primeiro lote para Hong Kong está mantida para maio. O contrato exige comercialização até julho. A partir da avaliação da empresa e aceitação é possível que o contrato seja renovado. Caso seja renovado, a Dom Porquito passa a ser pressionada para aumentar a escala. “Eles vão querer mais do que dois contêineres”, calcula Inácio Moreira, presidente da Agência de Negócios do Acre. “É a nossa aposta”.

A Agência de Negócios do Acre é o braço estatal que integra o grupo de cotista com mais de 30% de participação no Dom Porquito.

Esse é um dos pontos que será debatido na tarde desta quarta-feira entre produtores de carne (bovina, suína e de aves), agentes públicos e federações de agricultores e trabalhadores rurais. “O que vai haver é um pacto de união entre governo e produtores”, antecipa o secretário de Estado de Agropecuária, José Carlos Reis. “Precisamos, nós, do Governo, demonstrar confiança em um setor que responde por 59 por cento do nosso PIB acriano”.

A reunião vai contar com a presença do governador do Acre, Tião Viana e acontece às 17 horas (5 da tarde) no auditório da Secretaria de Estado de Fazenda.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*