thumb malaria

Cresce o número de casos de malária em Cruzeiro do Sul

Alto registro de infectados na zona urbana preocupa

A malaria volta a aumentar em Cruzeiro do Sul. De janeiro a setembro deste ano, o acréscimo de casos já é de 41% em relação a 2012, quando o ano fechou com 10.728 casos, e este ano, até o mês de setembro, os números registrados são de 15.123 situações de malária.

Os mais acometidos na positividade dos casos de malária em Cruzeiro do Sul são crianças de 0 a 9 anos e principalmente de 10 19 anos, que corresponde ao maior índice populacional da região.

Outro fator que chama a atenção é o alto registro de malária em bairros da área urbana da cidade. De acordo com a gerente de endemias Simone Daniel, um dos motivos é a mobilidade de pessoas contaminadas da área rural para urbana ou vice-versa.

A reincidência da malária também é uma situação que preocupa. A malária, principalmente a do tipo vívax, só este ano, apresentou 1.112 casos de reincidência.

A equipe dos agentes de endemias realizam o trabalho de identificação, diagnostico e tratamento da doença, sendo essa a detecção ativa. Já a detecção passiva, que fica por conta da busca da população pelo diagnóstico e tratamento da doença, essa ainda é muito baixa.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*