310117-cotidiano-riojurua-edsonfernandes2

Defesa Civil confirma 425 famílias desabrigadas em Cruzeiro

Uma morte por afogamento já foi registrada

A Defesa Civil Estadual confirma que já são 425 famílias desabrigadas na cidade de Cruzeiro do Sul. A acomodação é feita em casas de parentes ou em escolas públicas. O Rio Juruá, de acordo com a Agência Nacional de Águas, registrou na manhã desta terça-feira, 14,13 metros. São 12 centímetros acima da cota de transbordo que é de 14,01 metros.

Das 425 famílias desabrigadas, apenas 67 estão alojadas em espaços públicos (uma creche e uma escola). As demais famílias foram levadas para casas de parentes.

Edmar Pereira da Costa, 46, pescava com uma tarrafa no Rio Juruá. Por algum motivo ainda não esclarecido, caiu n’água. O peso da tarrafa arrastou o homem para o fundo do rio.

O senador Gladson Cameli anunciou, por meio da assessoria, que articula a vinda do ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, e o ministro da Saúde, Ricardo Barros para visitar a região do Juruá.

Ontem (30), o prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, decretou Situação de Emergência em função do impacto da subida no nível do Rio Juruá. Cinco bairros estão inundados.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*