150218-cotidiano-alagacaorecantodosburitis-tvgazeta

Defesa Civil monitora enxurrada no Recanto dos Buritis

Falta de planejamento urbano e população vulnerável

No bairro Recanto dos Buritis, na Travessa Coelho, principal via do bairro, dezenas de famílias foram afetadas pela cheia do Igarapé Almoço. A Defesa Civil esteve por lá ajudando na remoção e locomoção dos atingidos. A expectativa ao final da tarde era de que em poucas horas a água baixasse.

Segundo o George Santos, coordenador da Defesa Civil de Rio Branco, com o excesso de chuvas, o igarapé Almoço transbordou e a enxurrada invadiu casas e ruas. No entanto, em poucas horas, as águas devem vazar porque não houver mais chuvas. E ele ressalta: esse fenômeno não se trata de “enchente de rio”.

Enquanto as águas inundavam a Travessa Coelho, equipes da prefeitura ajudavam na remoção de famílias através de duas embarcações. Algumas pessoas iam, outras vinham, mas a maioria afirmando que permaneceriam nas casas até as águas baixarem.

Muitas famílias perderam móveis e outros objetos. Outras ergueram seus pertences com ajuda de mesas, cadeiras, por exemplo. Algumas pessoas foram removidas da região para a casa de parentes.

O mesmo trabalho, segundo a Defesa Civil, acontece no bairro da paz, atingido pelo igarapé Batista. O monitoramento nessas regiões segundo o coronel, continua.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*