thumb dengue

Dengue está sob controle em Rio Branco, diz prefeitura

Atividades de conscientização e de prevenção são anunciadas

A dengue está sob absoluto controle no município de Rio Branco e em nível de Estado, a situação é igualmente confortável por conta das ações regidas pelas parcerias institucionais. Rio Branco é uma das poucas capitais que entre 2012 e 2013 não ocorreram mortes por dengue. No período, três casos graves foram confirmados.  

Essa zona de conforto está assegurada por vários fatores e dois deles chamam a atenção: a Ação de Inverno recolheu, ao seu final após seis meses de intenso trabalho, mais de 50 mil toneladas de resíduos, lixo e entulho, em 227 bairros e em dois núcleos rurais, a Vila Verde e a Vila Manoel Marques, ambas na Estrada Transacreana. A cidade está muito mais limpa e, não há dúvida, com maior qualidade de vida. Sobretudo, atingiu de modo bastante significativo um de seus objetivos prioritários, que era o enfrentamento aos focos do transmissor da dengue: o número de casos suspeitos de dengue caiu 42% no primeiro semestre de 2013 se comparando o mesmo período de 2011, quando Governo e Prefeitura ampliaram substancialmente os meios de enfrentamento à doença.

Outro fator importante diz respeito à expansão da cidade: em setembro de 2013 Rio Branco passou a ter 20 mil imóveis a mais que todo o ano de 2012. Existem hoje na zona urbana da capital 157.509 imóveis, espaços que normalmente servem de depósito para o aedes Aegipty, o mosquito transmissor da dengue. “Mesmo com o aumento do número de imóveis, que resulta em aumento da ação do sistema de saúde, a incidência da dengue está controlada em Rio Branco”, explicou Monica Moraes, diretora da Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA).

No próximo dia 20 de novembro, uma quarta-feira, a SEMSA realiza o Dia D de Combate à Dengue com atividades de conscientização e de prevenção à doença.

Deixe uma resposta