thumb Doenca-rato

Dengue hemorrágica não matou jovem em Cruzeiro, diz exame

Laudo confirma leptospirose como causa da morte

Na tarde da última terça-feira,01, uma adolescente que residia no bairro do Miritizal morreu com suspeitas de dengue hemorrágica. Cleiciane Queiroz da Cunha, 13 anos, estava internada no hospital do Juruá desde o último sábado e sentia dores no corpo, febre e apresentou sangramento.

O resultado do exame apresentado nesta quinta-feira, 03, apontou que a causa da morte da adolescente foi leptospirose, doença causada pela urina do rato, transmitida ao homem principalmente em situações de enchentes ou água empoçada , situação típica do bairro onde a adolescente residia.  

Segundo a Coordenadora Interina da Vigilância Epidemiológica, Rafaela Oliveira,  em 2013 foram apontados 11 casos confirmados de leptospirose em Cruzeiro do Sul com dois óbitos. Já em 2014, esse número subiu, até agora foram confirmados 115 casos de leptospirose.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*