Banner-Ruapaviementada

Depasa conclui pavimentação em imóvel privado

Frentista  afirma que viu seu terreno ser dividido ao meio por uma rua

Dono de imóvel no bairro Alto Alegre reclama que o Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) concluiu a pavimentação de uma rua em cima do seu terreno. O reclamante pede respostas ao Departamento e exige indenização.

O frentista Rodnei de Souza afirma que há cerca de 2 meses viu seu terreno ser dividido ao meio por uma rua. O imóvel fica localizado em um loteamento no bairro Alto Alegre e mede 10×30. O trecho da rua que ocupa o terreno privado é de aproximadamente 10 metros apenas, só que impossibilita construções ou venda da propriedade.

Rodnei já solicitou por documentos explicações do departamento responsável pelas obras, sobre a forma de indenização que entende ser digno de receber. “Indenização ou remanejamento para outra área destinada”, solicita.

Segundo o coordenador do programa “Ruas do povo” em Rio Branco, Marcos Venício, a rua foi construída há 2 anos a pedido dos moradores que enviaram até abaixo assinado solicitando a pavimentação.

Na época, a população usava uma passagem improvisada dentro do terreno do reclamante. O coordenador admite que pode não ter havido atenção devida em saber se o espaço que foi pavimentado era privado ou não. “Na verdade a gente procurou saber quem era mas infelizmente não conseguimos localizar”, disse.

De acordo com o Depasa, a assessoria jurídica do órgão está verificando quais providências legais podem ser tomadas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*