310519-cotidiano-dia-contra-tabaco

Dia Mundial Sem Tabaco é celebrado em todo o país

No Acre, 80 pacientes tratam de câncer ligado ao tabagismo

Nesta sexta-feira, 31 de maio, é reservado para o Dia Mundial Sem Tabaco, uma forma de lembrar a sociedade sobre os malefícios do vício. No Acre ações foram realizadas em várias unidades de saúde do Acre.

A dona de casa Maria de Nazaré fuma cigarro há 36 anos. Consciente de que o tabaco causa mal para a saúde, ela decidiu que deve parar. “Pretendo mudar de vida. Agora vou até o final”.

Para isso, dona Maria procurou uma unidade básica, localizada no bairro Cadeia Velha para um acompanhamento. A unidade é uma das que realiza acompanhamento de pessoas que querem realizar tratamento contra o vício. “Nós montamos o primeiro grupo, a gente faz uma anamnese dessas pessoas pra saber o grau de dependência delas. São feitos três encontros semanais, um quinzenal e outro durante o ano, que é uma vez por mês ”, explicou a enfermeira Ártea de Souza.

Antônio Correia está com o mesmo objetivo. Começou a fumar com 17 anos e, atualmente com 47, resolveu que é hora de mudar esse hábito. A companheira de Antônio também é fumante e por isso ele quer incentivá-la a seguir o mesmo caminho. “Ela tem que parar de fumar, ela tem que fazer cirurgia do pulmão. Se ela não entrar nesse grupo, ela não consegue parar de fumar”.

Dados da Secretaria de Saúde do Acre apontam que, no estado, 80 pessoas realizam tratamento contra algum tipo de câncer ligado ao tabagismo. O câncer mais comum é o de pulmão, com quase metade dos pacientes. O cigarro também provoca outra série de doenças.

“O tabaco é um dos maiores agravantes de doenças de doenças como enfisema pulmonar, cardíaco, hipertensão, vascular, vários tipos de câncer, então é bom que as pessoas tenham consciência disso aquelas que desejam realmente parar de fumar que ela venha participar do grupo ”, concluiu a enfermeira.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*