070417-cotidiano-cestabasicadieese-taianelima

Dieese aponta nova baixa na cesta básica no Acre

Promoções e pesquisa são estratégias do consumidor

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) divulgou, nesta quinta-feira (7), dados sobre o valor da cesta básica no país no mês de março. A pesquisa é referente ao mês de março deste ano e foi realizada nas 27 capitais brasileiras.

De acordo com o Dieese, Rio Branco apresentou a cesta básica mais barata do Brasil custando em média R$ 323,34, uma redução de quase 2,3% em relação ao mês anterior, quando custava R$ 330,58.

O gerente de um supermercado da capital, Isaias Oliveira, confirma que houve redução no mês passado dos produtos da cesta básica. “O desconto chegou a ser até maior no caso de alguns produtos, como tomate e feijão, principalmente por conta das ofertas que a gente vem fazendo. Hoje nós temos feijão de até dois reais e noventa e nove centavos”.

Dentre os produtos considerados na pesquisa, o tomate e o feijão foram os que tiveram a maior redução, tomate passou de R$ 45,12, o quilo, para R$ 43,20 e o feijão de R$ 23,67 para R$ 21,24.

O aposentado Arlindo Lopes disse ter sentido a redução de alguns produtos, apesar disso, ele considerou que o recuo dos preços é quase insignificante, tendo em vista a situação financeira dos brasileiros, para contornar o problema ele conta o segredo. “A gente sai procurando. Eu já venho de um mercadinho. Passei aqui e vou em outro supermercado. A gente tem que andar e comprar onde está mais barato”.

A dona de casa Maria José também tem um “truque” para fugir dos preços altos e garantir a compra de todos os produtos essenciais. “A gente compra nas promoções. Sai mais barato. Esperamos os dias de promoção pra economizar”.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*